segunda-feira, 3 de janeiro de 2011

Balanço inicial

Ano passado o amor soprou com carinho lá em casa. Minha irmã ficou noiva e minha mãe – 23 anos depois e finalmente recuperada do baque - começou a namorar. Eu abri o coração e nunca fiquei tão suspirante. Questionei tudo. Duvidei de todas as minhas convicções. Foi um ano de encontros e reencontros. Não deu para ser feliz o tempo todo, mas até aí, normal, nunca dá mesmo.

E esse ano muitas coisas acontecerão. Casamentos. Noivados. Viagens. Projetos novos. Preciso terminar a pós e finalmente atingir o avançado no inglês. E eu quero coisas simples. Uma vida tranqüila e um avião com destino à felicidade. “A felicidaaaade pra mim é você. Pense em mim. Chore por mim. Liga pra mim.” Opa! Voltando. Entre tantas coisas eu quero definir o abdômen. Foi uma vontade que chegou de repente como todas as vontades chegam (assim como aquela que nasceu anteontem de completar uma prova de IronMan até os 35 anos). Disciplina e perseverança. Sem promessas e sem peso, depois eu conto o resultado.

A vocês, muitos sonhos, possíveis ou não, realizados neste novo ano.


Beijo bem grande, carinhoso e esperançoso

Kézia

2 comentários:

3 x Trinta - Solteira, Casada, Divorciada disse...

Coisa fofa, Kézia.

Ótimo 2011 procês.

Eu tb vou ficar sarada este ano, hahaha!!!

Beijão,

Bela - A Divorciada

disse...

Putz... também quero definir o abdomen... só nao sei como....